Mais Digital - Artigos

WhatsApp tenta derrubar apps que acessam suas notificações no Android

WhatsApp tenta derrubar apps que acessam suas notificações no Android

O WhatsApp está em uma guerra silenciosa contra alguns aplicativos de terceiros. Eles não acessam suas mensagens: em vez disso, eles leem suas notificações e conseguem respondê-las graças a um recurso nativo do Android. Ainda assim, seus desenvolvedores receberam a temida carta de cessar e desistir.

A carta enviada pelo WhatsApp exige que os desenvolvedores Rob Joseph e Gurjot Singh parem imediatamente de distribuir seus aplicativos, chamados Can’t Talk e DirectChat. A empresa acusa ambos de violar os termos de serviço.

WhatsApp

O Can’t Chat permite responder mensagens automaticamente quando o usuário está ocupado. Seus contatos recebem um aviso predefinido enquanto você estiver dirigindo, vendo um filme, entre outros. Ele está em teste beta na Play Store.

Por sua vez, o DirectChat oferece ícones de bate-papo (chat heads) semelhantes ao Facebook Messenger, mas para qualquer aplicativo de chat — incluindo o WhatsApp. Em vez de ler seu histórico de mensagens, ele acessa as notificações do Android, que oferece uma API para tanto. Ainda é possível baixá-lo.

Can’t Talk (à esquerda) e DirectChat

Ambos receberam basicamente a mesma acusação: seu aplicativo “viola os direitos legais do WhatsApp e deve ser descontinuado imediatamente e permanentemente”.

O WhatsApp diz que os aplicativos violam todos os itens abaixo, o que parece um exagero:

  • fazer engenharia reversa, alterar, modificar, criar trabalhos derivados, descompilar ou extrair código dos Serviços do WhatsApp;
  • obter ou tentar obter acesso não-autorizado aos serviços ou sistemas do WhatsApp;
  • interferir com ou prejudicar a integridade ou o desempenho dos Serviços do WhatsApp;
  • criar contas para os Serviços do WhatsApp por meios não-autorizados ou automatizados;
  • coletar informações de ou sobre usuários do WhatsApp de qualquer forma não-autorizada;
  • vender, revender, alugar ou cobrar pelos Serviços do WhatsApp; ou
  • distribuir ou disponibilizar os Serviços do WhatsApp por meio de uma rede onde possam ser usados por vários dispositivos ao mesmo tempo.

No Reddit, Singh diz que foi contatado por mais cinco desenvolvedores que receberam a mesma carta de cessar e desistir, “mesmo que seus apps… apenas usem a Notification API”.

Como nota o XDA Developers, isso pode abrir um precedente perigoso, em que o WhatsApp exige a derrubada de qualquer aplicativo que acesse suas notificações. Isso poderia incluir até mesmo o Google, cujo app Reply oferece respostas automáticas para notificações do Messenger, Skype e… WhatsApp.

O Facebook — dono do WhatsApp — ainda não comentou o caso.

Com informações: XDA Developers.

WhatsApp tenta derrubar apps que acessam suas notificações no Android

[Veja aqui o artigo completo] – [See here the full post]

Fonte/Source: Tecnoblog

Deixe Seu Comentário